ARPIMA visita a Unisseixal

Unisseixal recebe o grupo da ARPIMA

No dia 16 de Fevereiro, a Unisseixal recebeu o grupo coral da ARPIMA -  Associação de Reformados, Pensionistas e Idosos de Monte Abraão, Sintra.

Este é um grupo coral que também é regido pelo nosso Maestro Maurício Vieira da Silva.

Acompanhados pela Reitora e pelo Maestro Maurício, visitaram os diversos espaços e salas de aula da nova Unisseixal.  Foi-lhes apresentadas as várias atividades que decorrem em cada espaço.  Ficaram agradavelmente surpreendidos com o que lhes foi possível ver ao vivo nas aulas. Como a Unisseixal conserva o lagar de azeite que funcionou neste espaço do grémio da lavoura, a Sra. Reitora foi explicando a parte histórica daquele edifício .

Foi um bom momento de partilha e convívio pois, após cerca de dois anos em que a Pandemia nos afetou a todos e que nos tirou os encontros, as festas, os passeios (visitas de estudo) etc., finalmente pudemos receber na nossa “Nova Casa” UNISSEIXAL, este grupo de amigos.

Em conjunto, com o coro polifónico da Unisseixal interpretaram algumas peças do seu repertório comum e outras de reportório próprio.

Foi uma manhã agradável e muito bem passada.

A Reitora

Mariana Mareco

Instituição Particular de Solidariedade Social

Em boa hora chegou um convite para partilharmos num ensaio conjunto, com os respetivos Grupos Corais das duas instituições: UNISSEIXAL-Universidade Sénior do Seixal e a ARPIMA, sendo o Maestro comum aos dois grupos.

E que surpresa!!!

Recebidos à entrada da Universidade pela Digníssima Reitora da Unisseixal, Professora Mariana, após a Ana Garcia nos ter ido esperar à chegada do nosso transporte…, reparamos que de imediato algo mais iria acontecer, porque a própria Reitora fez questão de nos servir de cicerone por todo o belíssimo edifício (antigo Grémio) que bem souberam recuperar. Com algumas aulas a funcionar e que os seus professores nos permitiram a entrada, fomo-nos cruzando pelos espaçosos corredores com mais responsáveis e utentes onde só faltou o abraço de que tanto todos andamos carentes... Mas os sorrisos, os bons dias, a afabilidade dos que por nós passavam, bem superaram esta falta…

A visita ao magnífico MUSEU (lagar) foi de uma importância extrema e desde já os nossos parabéns por o terem recuperado… São peças cujo valor patrimonial e cultural bem precisam de ser preservadas. Um projeto digno de ser divulgado e nós, utentes da ARPIMA, tivemos o privilégio de o visitar pela mão da querida e simpática Reitora.

A Biblioteca e o átrio, o espaço sobre o telhado, a sala onde nos serviram um belíssimo chá, com uma guloseima adequada e tudo o mais que os nossos olhos engoliram, foi o terminar da visita com um espanto enorme de todos pelo que acabávamos de ver. Direi mais: de nos fazer. É muito bom encontrar pessoas que sabem receber e sentimo-nos orgulhosamente reconhecidos.

A parte final foi a cereja em cima do bolo: a partilha dos coros.

As Cantigas “Canção do Mar…e a “SODADE” …, além de outras, vão ficar para sempre na nossa memória. E a saudade também. Uma palavra só para o Maestro Maurício Silva… OBRIGADO…por ter proporcionado este encontro.

Para a UNISSEIXAL, Reitora, colaboradores e utentes, aquele abraço fraterno e solidário. Bem esperamos ver-nos por aí mais vezes. Até sempre queridos amigos e mais uma vez… obrigado.

O Presidente da ARPIMA- Associação de Reformados Pensionistas e Idosos do Monte Abraão.

Manuel Nunes

Visita à Universidade Sénior do Unisseixal

Momentos de convívio e musical

Aniversário do Maestro Maurício

Após uma longa pausa motivada pelo Covid-19, retomamos as nossas aulas de coro polifónico, no dia 20 de outubro, dia da reabertura da Unisseixal, já nas novas instalações.

Rapidamente se aproxima o Natal e então já iniciamos os ensaios das peças alusivas a esta época. Dia 19 de dezembro o coro da Unisseixal irá participar na Aldeia Natal do Seixal.

O nosso maestro fez o seu aniversario no dia dois de novembro e no dia três no fim do ensaio cantámos os parabéns e comemoramos todos em conjunto com um porto de honra e com uma fatia de bolo de aniversário.

Parabéns Maestro Maurício, os seus alunos desejam-lhe as maiores felicidades.

Recordar as peças dos últimos ensaios

A todos os coralistas,

Como todos se recordam, antes da pandemia que estamos a enfrentar e do consequente isolamento social a que estamos obrigados, o dia 12 de Março foi o último dia de ensaio do Coral Polifónico da UNISSEIXAL.

Até esse dia o Coral estava a ensaiar as seguintes canções:

“My Bonnie”

“Morte que Mataste Lira”

“Canção do Camponês” 

“Cantigas de Maio

Seria bom, não perdermos completamente o que entretanto já tínhamos aprendido nos ensaios até àquela data. Fiz algumas pesquisas dos vídeos, com as referidas canções acima mencionadas, para ouvirmos e continuarmos a praticar neste tempo, que estamos em casa.

Com toda a certeza que todos nós, agora, podemos gerir o tempo livre que dispomos, devido às circunstâncias presentes, e  dedicar algum desse tempo ouvindo e recordando as peças musicais que fomos aprendendo nas aulas, ao longo do ano.

Esta é uma oportunidade para continuarmos unidos às nossas canções, pois mais tarde ou mais cedo retomaremos os nossos ensaios. E se pudermos fazer alguma surpresa ao nosso maestro, esta é a hora para praticar. Fica aqui esta sugestão e aceitam-se outras que queiram sugerir, nos comentários.

Mãos à obra? Vamos a isso?

C. Jorge

My Bonnie

Morte que mataste Lira

Canção do Camponês

Cantigas de Maio

Festa de Natal-Atuação

A Casa do Educador, a Unisseixal e a Cesviver, celebraram a sua festa de Natal na quarta-feira, 18 de dezembro. Mais uma vez, enchemos o espaçoso salão da Igreja Scalabrini, cedido pela paróquia.

À uma em ponto, com muita gente de pé, abre a festa o maestro Maurício Silva, com o  Coro Polifónico a entoar duas canções de Natal, secundado pelos alunos de flautas do prof. José Fernandes, que continuaram os sons natalícios em honra do Deus-Menino. Terminámos todos juntos a cantar “Noite Feliz”, incluindo todo o público presente que espontâneamente aderiram ao convite.

Seguiu-se uma parte mais recreativa e artística, mas sempre num tom de simplicidade e comunhão de sentimentos que a todos animaram.

Depois, desejámos uns aos outros votos de boas festas de Natal.

Segue-se um vídeo da abertura da festa de Natal da Unisseixal.

Boas Festas-Natal 2019

Actuação na Igreja da Torre da Marinha

Depois de persistentes e entusiásticos ensaios do Coral Polifónico da UNISSEIXAL durante o primeiro período do ano lectivo, no CCD das Paivas, seguiu-se uma actuação na Igreja dedicada a Nossa Senhora do Rosário de Fátima, na Torre da Marinha, no passado dia 14 de Dezembro.

No Concerto de Natal foram cantadas as seguintes canções:

- Dona Nobis Pacem;

- Natal de Elvas;

- Dorme Dorme Meu Menino;

- Da serra veio um Pastor;

- Canção de Natal (Ribatejo);

- Noite Feliz;

- Linda Noite

As duas últimas canções contaram com a colaboração da turma de Flautas do Professor José Fernandes.

Notou-se bastante entusiasmo e alegria de todos os que na assistência aplaudiram a nossa actuação.

A todos os coralistas um agradecimento pela sua presença no evento e desejamos a todos um Feliz e Santo Natal e um Bom Ano Novo de 2020 com muita saúde e entusiasmo para enfrentarmos novos desafios.

Deixamos um pequeno resumo da nossa actuação.

Igreja Nossa Sra de Fátima

Ensaio das turmas de Coro e Flauta

No início do  ano letivo, preparam-se as várias peças musicais, nos ensaios semanais, de acordo  com as atuações para as quais, o Coro Polifónico da Unisseixal é convidado.  Após a última atuação em Corroios, vamos iniciar uma nova etapa com o ensaio das peças para a quadra natalícia, que se aproxima. Somos convidados a participar na Igreja da Torre da Marinha e na abertura da festa de Natal da Unisseixal. Para estas atuações de Natal foram convidados os alunos da turma de flauta do Prof. José Fernandes para participarem nos ensaios conjuntos com a turma do coro polifónico. Para estas atuações foram seleccionadas peças exclusivas de Natal. Os ensaios de conjunto proporcionaram-se nas últimas aulas antes da festa de Natal da Unisseixal. Esta experiência foi interessante e motivadora quer para o Coro, quer para a turma de Flautas. Estas fizeram parte deste evento musical numa estreia ao vivo neste Natal.

Reportagem fotográfica

Linda Noite de Natal

Dorme, Dorme meu Menino